Início > Uncategorized > Quanto vale a tua palavra?

Quanto vale a tua palavra?

Blogueiro, quanto vale a tua palavra? Um batom? Um par de chinelinhos… pode ser que esse post gere discussões (e que bom se assim acontecer, estou aberta para conversarmos…), mas tenho sentido essa necessidade de falar:

Primeiro, por receber propostas estapafurdias do tipo: um post em troca de um cupcake.

Segundo, por saber que se existem essas propostas, é porque existe quem as aceite.

Caro blogueiro,

O que de certa maneira nós fazemos (mesmo que às vezes sem intenção) é publicidade testemunhal (com o agravante de estarmos falando REALMENTE aquilo que pensamos de tal produto e por isso ganhamos credibilidade de verdade!) e isso tem valor sim, um valor inigualável para quem acredita em ti e entra diariamente no teu espaço virtual pra colher tuas dicas, um valor de mercado (porque se tu tens um trabalho sério, o blog cresce e as marcas notam isso) e acho que tem um valor para ti também, porque eu pelo menos não conseguiria por a cabeça no travesseiro se em meus posts eu vendesse uma idéia errada do produto que postei (não importa se comprei ou ganhei, é fundamental fazer um julgamento real do que você resenha).

Ao fazermos um blog PESSOAL, não estamos atuando como jornalistas, não estamos sendo pagos par blogar diariamente (e se você pensava assim, demova essa idéia da sua mente… nada pior do que blogueiro que se leva a sério demais), portanto não há motivo para postar release não é mesmo?

Mas, por que, Beta?

Porque você não recebe um salário para blogar (não estou falando aqui de blogs institucionais obviamente), porque a empresa que te enviou o release não está te pagando nada para isso… porque não há nada mais chato que entrar em 5 blogs diferentes e ver o mesmíssimo post…hmmmm, lembra que eu falei que tua palavra tem valor de mercado? Pois é, ela tem (claro que isso leva tempo, você constrói um nome, e o que estraga – E MUITO – essas relações, são bloguinhos que nasceram ontem, não tem nem 50 acessos por dia e ficam pedindo mixaria para as marcas, isso cansa, desgasta e fecha as portas para trabalhos futuros… sinceramente, é bom ganhar hoje um esmalte e estar queimado amanhã?).

Pergunto mais uma vez… Quanto vale a tua palavra?

Faça o teu blog com amor, construa teu nome, mostre do que você entende e gosta, mas não troque post por migalha, com o tempo as caixinhas vão bater à tua porta, e é aí mesmo que mora o perigo… se o olho brilhar muito, respire, tome uma água, e aí então analise com a mesma frieza de quem tivesse pago por este produto… porque você vai indicar, mas o teu leitor (e a razão do teu sucesso), vai comprar, vai pagar pelo produto que você disse que é maravilhoso, e você não quer que ele compre gato por lebre não é mesmo?

Beijocas

Beta Mysko!

Anúncios
Categorias:Uncategorized
  1. lookmelissa
    17 de novembro de 2010 às 10:27 am

    Excelente post. É muito triste ver gente se vendendo por esmaltes e também é ruim para as blogueiras realmente sérias.

    Parabéns Beta!

    Beijoss

  2. Dai
    17 de novembro de 2010 às 10:30 am

    Isso realmente é um problema sério.
    Lá no TPM nós tentamos sempre colocar a nossa opinião mais verdadeira e clara possível para que ninguém saia por aí comprando o que não vale a pena.
    Já recebi produtos em casa e não resenhei porque não gostei.
    Acho que a única hipótese válida para “posts iguais” é quando a empresa contrata um número de blogs e envia o material a ser postado (como foi o caso da OB, por exemplo), mas tirando isso, acho que fica muito “me manda um brindezinho que eu elogio tua empresa até as últimas consequências”.
    Ah, outra coisa que eu acho que nós deveríamos fazer: não ter medo de empresa grande. Se a empresa, seja ela do tamanho que for, errou, fez uma embalagem ruim, ou sei lá, a gente tem a obrigação de, ao fazer um post, contar.
    Adorei o post Beta!

  3. Bruna Prado
    17 de novembro de 2010 às 10:34 am

    Adoreiiiiiiii o post!!! Não aguento mais tanta propaganda!!! Nós, leitores, queremos ler sobre a opinião(e cada um tem a sua, portanto, como pode ter posts iguais em blogs diferentes?)dos blogueiros, seriedade ao contar fatos e o mais importante: comunicação com a gente.
    Po isso que adoro o MVC!!! E não deixo de ler um dia sequer!
    ***BJUXXX***

  4. 17 de novembro de 2010 às 10:37 am

    Excelente Beta! Afinal o que todas nós – blogueiras ou leitoras – queremos quando navegamos na blogosfera são opiniões sinceras e as vezes não temos a real noção do quanto a nossa opinião faz a diferença para os leitores!

    Bom levantar esta bola flor!

  5. 17 de novembro de 2010 às 10:37 am

    É beta, realmente sofremos isso, mas com certeza passamos por cima disso, com o mesmo amor e a mesma vontade que estudamos para fazer um post bacana e de conteúdo.

    É isso ai!

  6. marthanast
    17 de novembro de 2010 às 10:40 am

    Nossa, clap clap clap!

    Post totalmente apoiado. Todos os blogs de beleza e moda que eu sigo, sigo porque com o tempo de leitura, vi que eram sinceros e que eu podia levar as dicas pra minha vida. Já faz parte da minha vida, dar uma pesquisada nos blogs antes de comprar algum produtinho de beaute novo ou sempre que vou comprar roupa lembro dos blogs de street style. Se torna inevitável com o hábito de ler. Mas o legal é o blog ter seu estilo, sua opinião pessoal. E isso varia muito de um pra outro, mas é essencial que essa opinião seja pessoal e não publicitária. Concordo em genero, numero e grau.

    Continua assim, pq assim que eu voltar pra POA irei precisar das tuas diquinhas de beaute 😉

    beijao

  7. 17 de novembro de 2010 às 11:03 am

    Palmas em pé para este texto.

    E espero que todo blogueiro que ler pense antes de se vender por migalhas. Se todos pensarem bem antes de fazer publieditoriais vamos conseguir nivelar a qualidade do que vendemos por cima e consequentemente os ganhos.

  8. Danielle Nóbrega Rocha
    17 de novembro de 2010 às 11:04 am

    Oi Beta. Somente como leitora, eu amei o post. É realmente isso que as leitoras esperam de vcs, sinceridade nas resenhas. É muito ruim você se interessar por um produto e procurar por outras opiniões dizendo que o produto é bom e, vc compra o produto, e é uma porcaria, mesmo isso sendo de pessoa para pessoa como aconteceu no seu caso com a “Plastica Capilar” daquela marca, o produto não é ruim, apenas não se deu com seu cabelo e vc disse a verdade e eu achei muito legal e honesto da sua parte, mostrou respeito com as suas leitoras e desde aquele dia eu passei a ler religiosamente seu blog e a comentar sempre. Geralmente são poucas que sabem distinguir quem faz isso, pois estamos do lado de fora da situação e essa bendida “ética” não permite que seja dado nome aos “bois” (na minha opinião isso é ridículo, porque verdade tem que ser dita). Percebi apenas uma blogueira que mente descaradamente dizendo que o produto é bom e não sei o que. Ela tbm é Guru no youtube e eu não a sigo mais justamente por isso, pois todos os produtos que ela tem, ela ganha ou pede na cara de pau, pô ganhar é bom, mas as vezes temos que comprar também né gente, afinal de contas, vc é apenas demonstrador de produtos ou consumidor tbm? Eu percebi que várias resenhas delas feitas por vídeo, foram falsas e tinha desencontros de palavras. E não deve ser atoa que muitas meninas no youtube falam mal dela. Bom deixo aqwui meus parabens pela sua coragem e lealdade com as suas leitoras acima de tudo.
    Beijos Dani

  9. 17 de novembro de 2010 às 11:05 am

    bah cupcake?

    rs
    mas isso a gente percebe… lá pelas tantas a gente saca os blogs que estão sempre babando ovo dos produtos! Quaisquer que sejam….. 😛

    nem vale brincar assim 😉

    bijocas

  10. Danielle Nóbrega Rocha
    17 de novembro de 2010 às 11:11 am

    Outra coisa, faz tbm um post falando dizendo para essas blogueiras a serem mais HUMILDES. Pois não estrelas viu! Cade os paparazzi atras…rsrsr
    Tem blogueira que diz que não da pra responder todo mundo que conversa no twitter ou qualquer outro meio social. Eu concordo em partes, afinal de contas tem pessoas que tem quatro mil seguidores e ainda segue mais de oitocentos. Mas basta vc ter um blog com um mês de existencia e “puxar” papo com algumas que elas respondem em 5 minutos. Eu vi isso acontecer esses dias, e achei muito chato e as vezes até um descaso, essa seleção. Então se eu quiser falar com alguma, eu tenho que ter um blog também?

    • Beta M.
      17 de novembro de 2010 às 11:21 am

      Oi Dani,

      Eu também não concordo… é verdade que nem sempre a gente consegue responder, vou te contar uma coisa, eu recebo muito mais emails do que comments, e as vezes e-mails perguntando a mesma coisa… fica complicado… mas o twitter tá aí pra isso, para esse jogo rápido de pergunta e resposta… claro que se for um elogio as vezes a gente deixa passar, ou somente agradece, mas acho que respostas toda a blogueira deve dar, mesmo que seja pra dizer um: ai, não sei, mas vou tentar descobrir!

      Obrigada por comentar =)
      Beijooo
      Beta!

  11. 17 de novembro de 2010 às 11:31 am

    Caracas cai aqui de paraquedas vindo de blogs em blogs e adorei seu post.
    Concordo plenamente.
    Testo os produtos que compro com meu dindim, até ja recebi propostas de dou produto x pra vc falar bem da marca mas sinceramente nao é isso que quero pra mim.
    Nao quero ser popular na web mto menos fazer publicidade gratis para terceiros.
    Quero fazer algo que eu goste e que eu aprove ou desapovre..

    Post plausivel
    Beijos

  12. 17 de novembro de 2010 às 11:34 am

    Oi amigaaaaaaaaa! Amei teu post hoje… não sou oficialmente blogueira voltada pra area de cosmeticos, mas acho que esse post vale pra todo mundo que fale de alguma coisa pensar… eu sou muito franca quando falo das coisas no meu blog, e acho que todo mundo deveria ser. Primeiramente, e razão maior, porque , como eu, milhares de pessoas procuram informações francas e honestas sobre produtos e serviços em blogs de pessoas em quem confiamos antes de comprar um produto. E o que tem de empresa que acha que mandar um release e produto pra testar significa que vai ganhar estrelinhas de ouro na testa não ta escrito! Pior ainda quando a gente sabe como a marca funciona e não acha que valha grandes coisas!
    Totalmente apoiado esse post. Amei! Fez meu dia!
    Beeeeeeeijos

  13. Gel Paggi
    17 de novembro de 2010 às 11:43 am

    De pé…. clap, clap, clap, clap…. É hoje em dia é fácil pedir, mentir, tudo para ter produtos de “grátis”, mas e a reputação?? A confiança?? A melhor propaganda sempre foi e sempre será a Boca-a-Boca… Eu comprei alguns produtos através de opiniões, pois jamais tinha usado, fiz meu julgamento de acordo com o testemunho de blogueiras como você… E graças a Deus eram blogueiras sinceras e corajosas, como você e que aliás, compraram o produto e testaram para tirar dúvidas de suas leitoras … De novo … De pé…. clap, clap, clap, clap para você!!!!

  14. 17 de novembro de 2010 às 11:51 am

    Muito bom o post Beta!!!
    Minha opinião não tem preço. E nada do que me for eventualmente mandado vai mudá-la. Se alguém me enviar alguma coisa é justamente pq quer saber a minha opinião e se não for um bom produto não vou deixar de falar a verdade jamais!!
    Beijos
    Andrea

    http://www.toqueessencial.blogspot.com/

  15. 17 de novembro de 2010 às 12:11 pm

    O fato da minha cara estar estampada no blog já diz muita coisa. O que eu indico lá, é o que eu indicaria pra minha mãe, pras minhas amigas, etc… é discutível, mas fica muito claro quando a pessoa faz isso. A maioria dos produtos que eu coloco no blog, foram pagos por mim e sei que tu também investe em boa parte do que tu expõe aqui. Uma vez conversamos e tu disse que o blog dá mais prejuízo do que lucro, quando o assunto é o bol$o, né? Pois é, e é verdade. Em função do blog passei a pesquisar mais, a conhecer mais e a querer mostrar tudo, levar tudo adiante, mas é difícil porque exige investimento de dinheiro e PRINCIPALMENTE de tempo! Tem que ter gosto pela coisa, se não o blog se torna mais um poço de releases e as meninas que lêem notam, daí uma hora enjoa. E digo mais: tem blogs que são grandes e que fazem isso! Fico chocada, mas o negócio é manter a linha e seguir adiante fazendo o que se gosta, se olhar muito para os lados, os exemplos nem sempre são bons. Beijão Beta!

    • 17 de novembro de 2010 às 12:23 pm

      Fato! Blogueira gasta muito com cosméticos… Hahaha

  16. 17 de novembro de 2010 às 12:13 pm

    Um cupcake kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk ;( nem vou comentar pq me revolto.

  17. Ci Taboada
    17 de novembro de 2010 às 12:44 pm

    Beta, post perfeito! As blogueiras precisam ter consciência que influenciam muitas pessoas que mudaram o comportamento de consumo e agora pesquisam antes de comprar! Graças ao teu blog experimentei marcas ótimas, a gente percebe que é um trabalho sério. Me sinto como se uma amiga tivesse indicado os produtos. Por isso o MVC tá nos meus favoritos! 🙂 Bjs!

  18. 17 de novembro de 2010 às 1:59 pm

    Cara , voltei pra perguntar, sério que ja ofereceram um cupcake pra alguem em troca de post???? Esse mundo ta virado mesmo!!!
    Beijos

  19. 17 de novembro de 2010 às 2:31 pm

    Pois é Beta! Tem muita “blogueira” se prostituindo por um batom… Eu, estando tbm do outro lado, por causa das bijoux, todo dia recebo uma proposta de parceria. Olha, é cada tipo que eu vou te contar, viu?! A blogueira quando é séria, as empresas vem até ela e não o contrário.

    Bjs!!

  20. 17 de novembro de 2010 às 3:03 pm

    Oi Beta!
    Gostei muito do teu post.. li ele completo, e já não é o primeiro blog que eu entro e tem um post de “desabafo” sobre essas coisas que acontecem… Concordo plenamente com o que tu falou… recebemos muitos produtos de marcas conhecidas e até desconhecidas, e não é por isso que temos que mentir o que achamos sobre eles. Já cansei de reclamar de produtos e elogiar, e acho que é justamente para isso que serve um blog. Podemos dar nossa opinião, seja ela boa ou ruim, para que as pessoas possam entrar e confiar no que escrevemos. Concordei plenamente com tudo o que tu escreveu e tu está de parabéns pelo blog.. sempre dou uma passada aqui.. hehe
    beijos!!

  21. 17 de novembro de 2010 às 6:42 pm

    Que bom que você teve coragem de falar! Eu tenho um blog pequeno, comecei a pouco tempo, e esse tipo de proposta ainda não me foi feita. Como moro no exterior, rejeitaria imediatamente qualquer oferta de prêmios, pois não poderia recebê-los, mas jamais imaginei que alguém poderia ganhar um prêmio por escrever um post ou, pior, postar algo que não escreveu. Concordo plenamente com você quando diz que o blog não é uma obrigação e sim algo pessoal que reflete quem somos e, por isso, não deve ser levado “tão” a sério…
    Talvez desabafos como o seu possam levar outras pessoas a repensar as suas atitudes na blogsfera e deixá-la mais agradável.
    Bj
    Adri

  22. 17 de novembro de 2010 às 8:22 pm

    Perfeito!
    Preciso dizer que HOJE fiz uma limpa no meu Google Reader!
    Cansei de abri-lo e achar que estava dando pau, porque os posts se repetiam.
    Cansei de ver gente abençoando produtos péssimos.Tsc Tsc…
    Agora só meus preferidos!
    Uma coisa é bom dizer:A opinião das blogueiras, para mim, faz a maior diferença!!
    Beijocas

  23. 17 de novembro de 2010 às 9:07 pm

    Adorei seu post… Acho que muitas pessoas precisam repensar no que escrevem, no pq escrevem e para quem escrevem e saber oq ue realmente querem continuar fazendo não é mesmo?? hehehe belas palavras, parabéns!!

    puroglamorous.blogspot.com

  24. 18 de novembro de 2010 às 3:57 am

    Ai, Beta… é por posts como esse que eu acho ótimo ter um blog de beleza mais restrito. O volume de views é com certeza menor do que poderia ser se eu popularizasse mais o conteúdo, mas a segmentação não dá nem brecha para receber esse tipo de proposta bizarra.
    Minha palavra não tem preço e acho que sempre vou achar que no mundo ideal a palavra de ninguém deveria ter preço, mas enfim… fato é que prefiro manter a liberdade de dizer o que eu realmente acho a respeito dos produtos que uso.

    Lamento muitíssimo que existam blogs ‘queima-filme’, porque só quem bloga de verdade sabe o trabalho (e a despesa) que dá.

    beijocas,
    Tati

  25. tequilla
    18 de novembro de 2010 às 8:11 am

    Parabéns beta *——–*

    muito bom a gente ver o carinho e a importância que vc coloca aqui no blog
    é por conta dos seus conceitos e da pessoa que vc é que todas nós leitoras amamos ler o que vc posta!
    me sinto até mais orgulhosa de ler todo dia o “maria vai comigo”

    beijo beijo!

    Tequilla

  26. 18 de novembro de 2010 às 10:11 am

    Beta, eu quase não comento post aqui e meu acesso a blog de beleza é restritissimo. Nem os mais conceituados e famosos da blogosfera me atraem. Porque o que me atrai em blog é a relação com os seus leitores. Seja ele de Beleza, de Moda, artesanato. Eu sou tão eclética que sigo Dechanelnalaje e outros (raramente) que ela mesma “desconjura”.

    Fiquei um tempão tentando me decidir por um nicho de blog, mas,descartei moda e beleza porque não sou expert no assunto e acho que tem pessoas já fazendo tão bem.
    Mesmo que eu fale do assunto em questão,(modaou beleza) ele só estaria ali se eu aprovasse mesmo o produto. E eu só falaria de um produto depois de usar, tanto que quando faço post no meu espaço eu compro via Internet pra que possa falar com segurança. Nada pior do que “vender” o peixe errado e acabar com a credibilidade da PALAVRA. E não seria nunca uma vendedora de “avião caindo”.

    Eu concordo plenamente com suas palavras e acho esse post super digno de atenção, só fui ficar sabendo desse processo de ficar pedindo uma coisinha aqui (que só acontecem no blogs de beleza ou moda) bem depois de estar blogando e trocando idéias.

    Por outro lado preciso dizer, sem gerar polêmica, mas, tabém a título de atenção no seu post acima.

    “são bloguinhos que nasceram ontem, não tem nem 50 acessos por dia e ficam pedindo mixaria para as marcas”

    Isso independe de ter nascido ontem ou ter 03 anos, vinte anos, é uma questão de educação, discordo que quem faz assim dificulta o trabalho sério de quem faz. Empresa séria reconhece trabalho sério,tudo na vida é uma questão de troca de informação no mercado. Mas,falando sinceramente eu sempre me sinto mal quando vejo vocês falando “bloguinho que começou ontem e não tem 50 acessos”.

    É como se as pessoas não pudessem iniciar nada em um mercado onde já existe uma certa “saturação”,fazer pedidos “mixaria” talvez faça parte em estreitar o relacionamento (mesmo que eu nunca tenha feito isso)…

    Relebrando que eu disse acima: Eu só falaria de um produto depois de usar, tanto que quando faço post no meu espaço eu compro.

    beijos!

    • Beta M.
      18 de novembro de 2010 às 10:24 am

      Oi Cassia,

      Entendo as tuas colocações, e eu mesma sou bastante recente na blogosfera, já que o MVC existe há um ano… mas o que acontece é que estes “bloguinhos”, inhos mais em caráter do que tamanho, mentem para as assessorias, dizendo que possuem muito mais acessos do que o real, aí as marcas investem, mandam produto e tcharaaan, óbvio, não tem retorno algum, e isso acaba quebrando a confiança das assessorias para com os blogs…

      Começar, pode e deve, sempre… mas com integridade e honestidade! 😉

      Beijo
      Beta!

      • 18 de novembro de 2010 às 11:15 am

        Mas as empresas têm que pedir uma parceria mais concreta, com acesso aos dados, como os do analytics, isso é possível! O problema é que as marcas não se baseiam nisso, simplesmente acreditam… e, muitas vezes, nem querem uma parceria mais sólida ou nem tem que possa acompanhar esse processo, afinal exige um pouco de conhecimento e bastante tempo.

  27. 18 de novembro de 2010 às 9:32 pm

    Pegou fogo a discussão. Acho o seguinte eu posto a verdade dos produtos que recebo, claro tenho parcerias com empresa que me mandam produtos sim! Procuro parcerias sim, porque ainda não vieram a mim oferecer, até porque acho que tenho pouco tempo na blogosfera e não me conhecem bem, mas quem me conhece só falo do que gosto, e deixo bem claro que é meu gosto pessoal, mas quando recebo produtos que não gosto eu falo diretamente com a empresa porque acho que às vezes pode ser só comigo e tal, já aconteceu de’u usar determinado produto errado e eu falar com a empresa e pronto, e já aconteceu de usar um produto não me dar com ele ver que outras pessoas não se deram, falar com a assessoria e eles pedirem para não postar. Daí eu larguei a parceria na hora. Quando eu ofereço uma parceria mando meus dados todos pelo analytics e peço para ver meus posts e digo como procedo que se eu não gostar nem vou falar. Mas não fico mendigando e postando por um esmalte ou por um sérum pro cabelo, acho que parceria tem que ser boa para os dois lados, mas sem mentir e enganar o leitor. Isso é o fim da ética, enganar para não perder a parceria. Outra coisa que me indigna e que confesso que cheguei a fazer por pura ingenuidade é postar releases das assessorias só porque me mandaram o release. Não posto porque sei que muitoa gente vai postar, então acho que não preciso colocar “mais uma novidade” no ar. Se a assessoria for minha parceira aí tudo bem, mas posto agora com minhas palavras, porque as assessorias já ganham bastante dos clientes para nos usar como marketing de graça porque afinal a gente faz marketing sim mas com nossas resenhas. E sim ofereço parceria, mas para empresas que confio e muitas em que não connheço e acho que vale a pena conhecer. Parabéns pelo seu post.

  28. 19 de novembro de 2010 às 9:20 am

    Disse tudo, Beta!

    Bj

  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: